A técnica dos 5 Porquês (Diagnóstico)

Uma das ferramentas mais simples usadas na resolução de problemas é a técnica dos 5 porquês, essa foi desenvolvida por Talichi Ohno, arquiteto do sistema Toyota de produção nos anos 1950.


Ela consiste na repetição da pergunta "Por quê?" diante da questão a ser aprofundada na organização e, com ela, torna-se ainda mais fácil chegar à causa-raiz do problema

com mais clareza

Os processos organizacionais na maioria das vezes são eficientes, mas isso não significa que não apresentem nenhum tipo de problema. Quando o problema aparece, precisamos identificar sua causa para que possamos resolvê-lo. Desta forma, uma técnica que teve origem no Japão e é utilizada pelas organizações é o 5 Porquês.


Essa técnica serve para detectar a principal causa de um defeito ou problema, onde perguntamos 5 vezes o motivo de seu acontecimento. No entanto, não é necessário que sejam feitas exatamente 5 perguntas, desde que se chegue a real causa do problema.


Vamos ver como é simples utilizar a técnica dos 5 porquês:


EXEMPLO Problema: Produto com defeito POR QUE o produto apresentou defeito? Porque houve problemas na fabricação.


POR QUE houve problemas? Porque a máquina apresentou defeito.


POR QUE a máquina apresentou defeito? Por falta de manutenção.


POR QUE não foi realizada manutenção? Porque o responsável não sabia sobre os cuidados necessários que deveria tomar com a máquina.


POR QUE não sabia? Porque seu gerente não passou as instruções.


É importante notar como a técnica é simples e apresenta resultados interessantes. No exemplo, o problema do defeito no produto era falta de coaching por parte da gerência de manutenção. Veja como a causa (falta de treinamento na área de manutenção), estava distante do problema (produto com defeito), mas ligada diretamente a ele.


Sabendo agora onde está o problema é mais fácil traçar um plano para sua correção. Um dos segredos dos 5 porquês, é responder as perguntas da forma correta e com critérios investigativos.


É importante considerar os 5 porquês como uma ferramenta que possui limitações, pois fazer 5 perguntas não significa uma análise detalhada do problema investigado. É um método muito simples e deve ser utilizado juntamente com outros, como o diagrama de Ishikawa.


REFERÊNCIA GLASSER, William. Administração de liderança: qualidade e eficácia com uma moderna técnica de gerenciamento: a teoria do controle. Editora Best Seller, 1. ed., 1994.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo