Posted by Dayane Iglesias |
Dedicou sua vida profissional ao entendimento das implicações culturais e cognitivas das tecnologias digitais, com o objetivo de promover seus melhores usos sociais e estudar o fenômeno da inteligência coletiva. Ele é autor de vários livros sobre o assunto que foram traduzidos para mais de 12 línguas e estudados em diferentes universidades em todo o mundo.

Atualmente, leciona no departamento de comunicação da Universidade de Ottawa (Canada), onde ele conduz pesquisas sobre Inteligência Coletiva.



Palestra de Pierre Lévy
http://www.sp.senac.br/sites/pierrelevy/

Inteligência Coletiva
Lévy utiliza a mesma analogia da rede para indicar a formação de uma “inteligência coletiva”

Segundo Lévy (2003, p. 28), a inteligência coletiva é “[...] uma inteligência distribuída por toda parte, incessantemente valorizada, coordenada em tempo real, que resulta em uma mobilização efetiva das competências”. Ela visa ao reconhecimento das habilidades que se distribuem nos individuos, a fim de coordená-las para serem usadas em prol da coletividade. A coordenação dos inteligentes coletivos ocorre com a utilização das tecnologias da informação e comunicação.

http://www.scielo.br/pdf/pci/v18n4/10.pdf




Vídeo
https://www.youtube.com/watch?v=aGjw6pnppsk