Posted by Dayane Iglesias |

O Brasil é o terceiro país com maior população canina no mundo. Em território nacional temos aproximadamente 28 milhões de cães e 14 milhões de gatos, que cuidam, alegram e nos fazem companhia.

Muitos destes animais são tratados como membros da família.

As novas embalagens de rações reforçam o papel de membro da família do bicho de estimação. O layout das embalagens organiza de forma clara os benefícios e qualidade dos produtos Pet Carrefour. Com forte apelo emocional e de venda, a embalagem vende carinho e o consumidor leva mais que alimento, também leva sentimento para casa.


Linha Carrefour Pet Food

Com um portfólio de 17 itens, o Carrefour lança a linha Pet Food de rações para cães e gatos. Desenvolvida em parceria com a Daymon, empresa norte-americana de consultoria especializada em marca própria, as rações  são produzidas com ingredientes nobres, enriquecidas com nutrientes balanceados, proteínas e vitaminas que ajudam no processo metabólico dos animais e conferem a eles mais disposição e melhor qualidade de vida.
A linha foi escolhida com base em pesquisas realizadas diretamente com o consumidor e mais novas tendências de mercado no Brasil e no mundo. As novas rações são crocantes, saborosas e vão conquistar o paladar dos pets além de contribuir para uma melhor qualidade devida.Os produtos foram desenvolvidos com níveis de garantia e proteína iguais ou melhores em comparação às grandes marcas comercializadas no varejo.
Para os felinos, há opções nos sabores carne, frango e peixe, em embalagens de 1kg e 3kg. Para os cachorros, as linhas Standard e Premium (Filhotes, Raças Pequenas e Adulto) estão disponíveis nos tamanhos 1kg, 3kg e 8kg, nos sabores carne e vegetais adicionando leite na formulação para os filhotes que contribui para um crescimento saudável.
Com design moderno, as embalagens trazem a foto do animal e informações nutricionais que auxiliam o consumidor na hora da compra.
A expectativa da empresa é que a nova linha responda por 16% das vendas totais da linha Pet Food na rede, que hoje trabalha com 23 marcas diferentes. Para 2010, a previsão é que a venda total da categoria cresça 15%.

Fonte: Pande Design e http://www.tottalmarketing.com/