Posted by Dayane Iglesias |
Um recente estudo realizado em mais de 3.600 Pequenas e Médias Empresas da América Latina, foi apresentado no último Google Press Sumit, em Buenos Aires. Segundo a Pyramid Research, empresa responsável pelo levantamento, o crescente aumento da publicidade on-line e do comércio eletrônico na América Latina oferece importantes oportunidades ao setor de Pequenas e Médias Empresas.
A tendência é otimista, mas é preciso interpretar corretamente os dados da pesquisa e entender que estamos falando de um mercado vasto e diversificado.
Empresas Pesquisadas:
20% possuem comércio eletrônico
24% planejam adotar o comércio eletrônico nos próximos 6 a 18 meses
30% pretende veicular publicidade online em breve
Empresas que tem site:
60% veiculam algum tipo de publicidade online, principalmente em mecanismos de pesquisa
Empresas que não tem site:
14% veiculam publicidade online para promover seus produtos
25% pretende veicular publicidade online nos próximos 6 meses
Na pesquisa, o Brasil aparece como um dos países com mais empresas que permitem comércio eletrônico em seu site, quase 25%. Dado que indica que o uso de ferramentas online para vendas e marketing ainda é pouco desenvolvido na região, mas que o potencial de crescimento é acelerado, especialmente para o mercado nacional.
Alexandre Hohagen, diretor geral do Google América Latina, em um comunicado durante o evento, apontou mais motivos para acreditar que o mercado das Pequenas e Médias Empresas da América Latina na Internet continuará se desenvolvendo progressivamente nos próximos 18 meses.
“Cerca de 31% da população da América Latina e Caribe usa a internet. Isso significa que o consumidor quer novas funcionalidades e maiores opções para comércio eletrônico e, por isso, os vendedores tradicionais devem seguir os internautas para não ficar fora do jogo”, afirmou.
Além disso, outra área com grande potencial, são os recursos da Web 2.0: “Blogs e Wikis são pouco utilizados pelas empresas latinas”, disse Hohagen. “Entretanto, somos muito otimistas em relação ao futuro do comércio eletrônico e da publicidade online na América Latina”, concluiu.
Dessa maneira, o Google segue como grande referencial e colaborador dos pequenos empresário latino americanos. Com uma série de ferramentas gratuitas como o Google Analytics, soluções de publicidade on-line acessíveis e a capacitação de parceiros, o continua apoiando o desenvolvimento da Internet e do comércio eletrônico em toda a região. Para que cada vez mais empresas possam realizar seu primeiro investimento publicitário online ou ainda melhorem a funcionalidade do seu site.
Fonte: http://webop.com.br/blog/